Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Combate ao Abuso e Exploração Sexual

Agência Vera Detetives Particulares > Blog > Uncategorized > Combate ao Abuso e Exploração Sexual

18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.

Uma violência que se torna ainda mais grave e repugnante quando se trata de crianças e adolescentes. A policia federal fez uma operação nas margens das estradas brasileiras, esse combate é contra a prostituição de menores.

Os alvos da investigação são bares, postos de serviços e parada de descanso de caminhoneiro que ficam as margens das rodovias federais, com o objetivo de coibir a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Uma das operações aconteceu em Luziânia, cidade de Goiás, e logo que os policiais chegam já aparecem os primeiros sinais de que no local é mesmo um ponto de prostituição. As jovens vestem poucas roupas para chamar a atenção dos clientes.

Atrás do portão no mesmo local, surgem outras meninas e alguns suspeitos que são revistados, ao lado também possui um outro bar que se encontra com as portas fechadas, lá dentro os policiais encontraram clientes e garotas, e que em meio a pandemia, ninguém usava máscara.

Na parede há um aparelho que monitora o movimento de dentro e de fora do estabelecimento, que por sinal, o bar já é um ponto conhecido pela polícia que fica as margens da rodovia, que bastou os agentes fazerem a abordagem para identificar uma situação de exploração sexual de uma menor de idade.

Nessa operação, o dono do bar foi preso e se recusou a falar sobre o assunto, já o homem que foi pego no quarto com a menor tenta se justificar dizendo que a garota dizia a ele que ela era de maior. A menor confirma que cobrou R$100,00 do caminhoneiro e disse que a dois anos entrou para o mundo da prostituição por falta de dinheiro.

O dono do bar vai responder por exploração sexual de menor e o cliente que estava com a garota também foi detido e autuado, ambos vão responder pelo Art. 244ª pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, onde a lei prevê a pena de prisão de 4 a 10 anos e multa, além da perda de bens e valores utilizados na prática do crime.

Já a adolescente foi encaminhada para o IML para realizar alguns exames e foi entregue aos responsáveis legais. A operação da Polícia continuou durante toda a madrugada na mesma cidade, onde encontrou vários outros estabelecimentos cometendo a mesma prática criminal, houve prisões e autuações.

Diversos casos como esse estão sendo investigados todos os dias não só em Goiás, mas em diversos estados no Brasil, o que não podemos ficar é de braços cruzados esperando o primeiro vacilo para desmascarar algo tão criminoso como esse.

Por isso a Agência Vera Detetives Particulares, trabalha com diversos recursos e equipamentos sofisticados, que auxiliam as famílias, os advogados e a polícia nas buscas por provas e locais de práticas de Abusos e Explorações Sexuais de Crianças e Adolescentes. Entre em contato.

× Atendimento WhatsApp