Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Ben10 do mal

Quem não conhece o desenho animado, Ben10? Esse desenho retrata um garotinho de 10 anos de idade, que descobre um mágico dispositivo que o transforma em 10 heróis diferentes, cada um possui uma habilidade única, e com esses poderes o menino ajuda diversas pessoas a combater os malfeitores criminosos.

Ao contrário do Ben10 dos desenhos, um homem foi acusado de estuprar e roubar, por esse motivo o homem estava sendo procurado pela Polícia Militar.

Esse homem participou de um roubo que deixou uma família refém na cidade de Juatuba, na região metropolitana de Belo Horizonte. Werdeson H Soares de 29 anos era conhecido como Ben10, que segundo a polícia, o criminoso abordou juntamente com mais dois homens, uma família que estava se preparando para jantar, as vítimas foram trancadas no banheiro, além de sofrer torturas psicológicas durante todo o roubo.

Depois do roubo, Ben10 teria estuprado uma garota de 17 anos usando requintes de crueldade, um dos envolvidos no crime disse a polícia que o criminoso chegou a se identificar para a vítima, no intuito de que ela não esquecesse jamais do seu rosto e do dia em que sofreu nas mãos dele.

Durante o estupro, Ben10, como era conhecido, usava uma touca ninja, mas tirou a touca durante a abordagem e disse, “Quero que você olhe para mim, olhe bem para os meus olhos e saiba que sou eu. Sou o Ben 10”.

Ben10 tinha uma ficha vasta na polícia, uma de suas passagens era por homicídio e envolvimento com o tráfico de drogas e havia sido solto em outubro de 2019. A polícia disse que teve informações privilegiadas de onde o criminoso estaria, em seguida a PM direcionou as buscas pelo bairro Boa Vista em Belo Horizonte.

Chegando na residência, abordou Ben10 que em seguida reagiu a abordagem com arma de fogo, no confronto Ben10 foi baleado e socorrido, mas morreu dentro da UPA Leste no dia 12 de março desde ano.

Werdeson era membro de uma organização de criminosos, já os dois suspeitos que estava com ele foram presos por participar do roubo em que fizeram a família refém, os dois negaram a participação do estupro, porque eles sabem que quando um estuprador vai pra cadeia não são bem tratados.

Os dois suspeitos se tratam de Flávio Goulart de 18 anos, preso nessa quarta-feira, e Guilherme Henrique Ribeiro dos Santos de 21 anos, preso na tarde desta quinta-feira. Um outro integrante da organização, Cristian Stephen Machado dos Reis de 27 anos, também foi preso por resistência ao tentar impedir que a PM entrasse na casa onde estava o suspeito do estupro.

Serviços de Investigação e Curso

Nossa agência oferece serviços de Investigações Conjugais, de filhos, empresariais, de bens e de cargas e ministramos curso para futuros Detetives Particulares, caso se interesse  por nossos serviços ou pela profissão de DETETIVE PARTICULAR  , entre em contato conosco.

× Atendimento WhatsApp