Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Pai e filho são acusados de matar

Agência Vera Detetives Particulares > Blog > Investigação > Pai e filho são acusados de matar

Leonir da Silva de 53 anos está sendo acusado pelo Ministério Público de ser o mandante do crime, já André Lucas Camilo da Silva de 24 anos é o principal suspeito de puxar o gatilho que matou Reinaldo Pontarolho.

Na época, imagens de câmera de segurança flagraram um veículo preto onde um homem desce e segue em direção onde estava a vítima, que após efetuar cinco disparos a queima roupa o suspeito retorna rapidamente para o veículo e foge.

Quando as imagens foram divulgadas, a mãe de André que estava namorando com a vítima reconheceu o carro e também a pessoa que desce e comete o crime. Segundo ela o assassino seria o próprio filho e o carro seria do ex marido dela e pai de André.

Porém na audiência a mulher voltou atrás e afirmou que a pessoa que aparece nas imagens não era o filho, “o rapaz que matou o Reinaldo é muito parecido com o André, a estatura física né, mas o André não tem problema na perna”, disse a mulher em depoimento.

Leonir e André negaram a autoria do crime assim como fizeram em entrevista a equipe de reportagem que acompanhava o caso no dia em que se entregaram a polícia. Leonir conta que além de André Lucas tem outro filho, diz que não entende porque a ex companheira fez acusações tão graves contra os dois aponto de coloca-los atrás das grades.

Além do depoimento da mãe de André, uma imagem das câmeras de monitoramento foi fundamental para a prisão dos acusados. O carro que o assassino chega para cometer o crime é da mesma marca, modelo e cor do veículo de Leonir.

Na época o investigador que trabalhou no caso, confirmou que o pai e o filho haviam tirado apenas o rack de cima do carro para tentar despistar a polícia caso fossem filmados, porém o automóvel tem as mesmas características do carro que aparece na cena do crime.

Pelo processo investigativo, o investigador que acompanhou as imagens disse não ter dúvidas de que realmente forma eles que executaram Reinaldo. Pelo ou menos cinco testemunhas foram ouvidas e os réus.

Pai e filho nos bancos dos réus, Leonir acusado de ser o mandante do assassinato e André o assassino de Reinaldo, foram mais de 14 hora de julgamento onde Helena, a mãe diz não ter certeza de ser o filho quem matou o namorado. Com a sentença Leonir foi absolvido e André foi condenado. Leonir saiu feliz do julgamento de certa forma, mas triste em saber que o filho ainda não conseguiu provar sua inocência desse crime bárbaro.

Quanto mais rápida a comprovação das suspeitas, maiores as possibilidades de prevenção de uma pena alta, um Detetive Particular pode ajudar. Não espere mais! Entre em contato com nossa Agência sem qualquer compromisso e fale com um de nossos atendentes. Teremos o maior prazer em esclarecer suas dúvidas.

× Atendimento WhatsApp