Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Mãe pede para filha ter paciência com os abusos do pai

Agência Vera Detetives Particulares > Blog > Detetive Particular > Mãe pede para filha ter paciência com os abusos do pai

As investigações sobre o caso foram concluídas pela Polícia Civil, conforme o Delegado responsável, que a mãe de uma adolescente de 13 anos, estuprada pelo próprio pai, que ameaça bater na garota se ela contasse o caso para outras pessoas.

 O fato só foi descoberto, porque em junho de 2020, a menina pediu socorro para um amigo por mensagem em um aplicativo da rede social, ela afirmava que estava sendo abusada sexualmente pelo pai e que não aguentava mais. A polícia então foi acionada e o pai da jovem foi preso em flagrante, no ato da prisão o homem estava vestido um short rasgado.

Ainda segundo a investigação, a adolescente chegou a relatar os abusos para mãe por duas vezes, ela entrou em contato no dia anterior para mãe que estava no hospital, que tinha acabado de ter um recém-nascido, e informou que o pai estava tentando abusar sexualmente dela, a mãe simplesmente falou para a filha vítima para que tenha paciência que depois ela iria resolver tudo.

 A polícia acredita que a garota era estuprada pelo pai desde 2015 e com o conhecimento da mãe já que a investigação apontou que os irmãos da vítima sabiam dos abusos. A mãe proibia as crianças de falar para outras pessoas sore os abusos sexuais, que o marido, perpetrado contra a filha do casal de 13 anos, sobre pena de bater e das outras crianças também apanharem.  

Não é à toa que no dia na Prisão, no momento que ele foi preso pela polícia, uma criança de 9 anos falou claramente que a mãe sabia de todos os abusos que o Pai praticava contra a irmã de 13 anos.

O agressor ele foi indiciado por estupro de vulnerável majorado, por ser pai da vítima como também por posse e porte ilegal de arma de fogo. Mãe e filha ainda continuo vivendo no mesmo teto, sendo que a mãe se encontra em liberdade, o agressor, que é o pai da vítima está preso em flagrante.

 Em relação a mãe o que poderá acontecer, ficará a critério do Ministério Público e que envolve também Conselho Tutelar no que tange ao poder familiar, pra saber se essa criança vai continuar livre, vivendo com a mãe ou se ela vai ser inserida em algum programa de proteção à criança.

Agência Vera Detetives Particulares

A contratação de um detetive particular nesse caso é considerada uma importante chave para desmascarar ou não o ato sem levantar qualquer tipo de suspeitas. Por isso é sempre bom ter em quem confiar nessas horas, não é?

A Agência Vera Detetives Particulares usa como prova, fotos, escutas ambientais e vídeos de todo o percurso, e de toda a movimentação do(a) suspeito(a) e tudo no mais alto sigilo, até mesmo para preservar a reputação e segurança da vítima, dos seus amigos e de seus familiares.

× Atendimento WhatsApp