Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Caso: Anestesista Giovanni Quintella

Agência Vera Detetives Particulares > Blog > Detetive Particular > Caso: Anestesista Giovanni Quintella

A morte de um dos filhos gêmeos causou um dor terrível em Thamires, e reconhecer o rosto do anestesista Giovanni Quintella Bezerra que estava no momento do parto, nas cenas de estupro, fez o sofrimento se tornar quase insuportável.

Quando eu fui receber a notícia, meu filho já estava morto, não consegui ter contato e nem ver o rosto dele, e a única lembrança que eu tenho do meu filho é por foto somente, pois consegui acordar no outro dia por ter sido dopada por esse monstro, diz Thamires.”

A gravidez de gêmeos eram um sonho de uma mulher de 23 anos, mas o dia do nascimento dos bebês se transformou em pesadelo, ela entrou em trabalho de parto com 25 semanas. O primeiro bebê prematuro nasceu normalmente no dia 5 de julho de 2022.

A demora para o segundo bebê nascer ligou o alerta dos médicos que decidiram fazer uma cirurgia cesárea, e foi a partir daí que Thamires teve o primeiro contato com Giovanni Quintella Bezerra que tentou acalmá-la.

Diversos cortes foram feitos na barriga de Thamires que estava extremamente preocupada com a saúde do bebê, mesmo assim teve dificuldades em se manter acordada por causa da anestesia. Pra piorar a situação, o marido foi convidado a se retirar da sala pelo próprio anestesista, mesmo com uma lei que garante a permanência de um acompanhante no momento do parto.

O segundo bebê chegou a nascer no dia 06 de julho, mas acabou morrendo devido as complicações, apenas o pai conseguiu visitar o pequeno Davi na UTI, Thamires só acordou horas depois do parto e se lamenta em não poder ter acompanhado o nascimento do filho, ela voltou pra casa sem os bebês, sendo que o pequeno Daniel segue internado em estado grave.

As cenas de abusos vista pela Thamires geraram revolta, e o pai dos bebês tenta entender a tamanha crueldade. Thamires agora está concentrada na recuperação do filho Daniel, que luta pela vida no hospital, mas não abre mão de ver a justiça sendo feita. A qualquer momento o anestesista Giovanni Quintella pode receber uma audiência de custódia pra definir se continua preso ou se responde o processo em liberdade.

× Atendimento WhatsApp