Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Meninos, vítimas de estupro

Quando ouvimos o conceito de que se deve cuidar e proteger uma criança, pensamos logo em meninas que podem ser alvo fácil de qualquer abusador, e não imaginamos que os mesmos cuidados devemos ter com ambos, independente do sexo ou idade.

Estima-se que 70% das vítimas são crianças e adolescentes, e que a idade alvo de criminosos abusadores são de 0 a 14 anos.

Um pai foi preso no Estado do Espírito Santo por abusar e ameaçar seu filho, os abusos sempre aconteciam na casa do acusado, já que o mesmo era separado da mãe do menino.

Em depoimento o menino disse que o pai o orientava a não contar nada a ninguém sobre o que acontecia, se não eles iriam chorar muito e o pai seria preso, e que na hora do estupro o pai falava com ele para não gritar porque menino bonito não grita, dizia o garoto de apenas 5 anos.

Em outro caso um menino de 12 anos foi vítima de um estupro coletivo no Distrito Federal. O garoto não morava com a mãe, e que a seis meses foi morar com a avó, só que nesse tempo, um grupo de traficantes o obrigou a vender drogas.

De acordo com a polícia, esse mesmo grupo, incluindo uma mulher que gravava as cenas foram presos por cometer o estupro coletivo, que de acordo com relatos o vídeo viralizou nas redes sociais, e que no momento do estupro o menino usava roupas femininas colocadas pelo grupo, e como não bastasse todo constrangimento e dor, o menino foi espancado e afogado em um córrego.

Em relatos a avó disse que tentou tirá-lo das drogas e que por diversas vezes o conselho tutelar foi chamado na escola, mas que não foi feito nada para ajudá-lo. O menino relatou que era vítima constate de abusos.

Ele passou por exames no IML e registraram uma ocorrência por ameaça, lesão corporal, injúria e estupro de vulnerável, o menino retornará para o lar onde a mãe reside em Goiás.

Detetive Particular

Ouvimos diversos relatos de meninos e meninas que sofrem com a violência sexual, e que são cometidas por pessoas distantes ou na maioria das vezes por pessoas próximas das vítimas.

A Agência Vera Detetives Particulares realiza serviços de monitoramento e investigações de diversos casos. Sempre com sigilo e comprometimento, utilizamos dos melhores equipamentos capazes de captar imagens e sons que comprovam toda e qualquer ação relevante solicitado pelo contratante. Saiba mais.

× Atendimento WhatsApp