Pague com Mastercard Pague com Visacard Pague com Elo Pague com Diners Club Pague com American Express
Atendimento de Seg a Sex de 09h às 18h

Ligue de Fixo ou Celular Gratuitamente: 0800 580 2589

Homem é preso usando o tênis de namorada trans assassinada

Agência Vera Detetives Particulares > Blog > Detetive Particular > Homem é preso usando o tênis de namorada trans assassinada

Namorado de Luara é preso após ser flagrado pelo sogro, calçado com os tênis que era da filha trans, que foi recentemente assassinada. De acordo com o pai de Luara Mendes de 23 anos que foi assassinada em Mairinque, interior do Estado de São Paulo, percebeu que o namorado estava o mesmo tênis que a filha usava no dia em que desapareceu.

Jonathan Richard Moreira de 18 anos foi preso neste final de semana. Relatos informaram que Luara ficou cerca de doze dias desaparecida, o corpo da jovem foi localizado no dia 22 de agosto em um terreno, perto de onde os familiares e a jovem morava.

Uma comerciante da região que encontrou o corpo, ao sentir forte cheiro, avistou sob a ponte Luara já sem vida e chamou a polícia, segundo a comerciante, foi ao lado de uma via férrea, e que chegou a ver o namorado de Luara no mesmo local dias após seu desaparecimento e com um comportamento estranho.

Um mistério que chegou ao fim, assim que o pai da jovem reconheceu o tênis da filha nos pés de Jonathan, que confessou o crime assim que foi interrogado. Jonathan foi preso, e a comunidade não escondia a revolta, gritos de todos os lados o chamava de assassino.

Durante os dias em que Luara ficou desaparecida, o pai Luís Henrique Mendes, desconfiava de algumas atitudes do genro, pois sempre estava calma e não chorava por não saber o que estava acontecendo com a namorada sumida.

Jonathan chegou a publicar em uma de suas redes sociais a foto da namorada, pedindo a todos que o ajudasse a encontrá-la. Ele chegou a abandonar umas botas em um local distante afim de enganar a investigação, mas o pai disse que a filha jamais usaria aquele tipo de bota, iria achar brega.

Quando o Sr. Luís Henrique Mendes voltou ao local do crime onde foi encontrado o corpo da filha, não aguentou e desabou em prantos, dizendo que era revoltante saber que durante todas as buscas pelo corpo da filha, teve que ficar frente a frente com o genro assassino, e ainda por cima usufruindo do tênis da de Luara.

Agora a família busca por justiça, pedindo para que a prisão de Jonathan seja preventiva e que aguardo o julgamento, porém atrás das grandes, onde é o lugar de um criminoso.

Nos perguntamos até quando a violência fará parte do nosso dia a dia, e quando poderemos sair por ai, na certeza de que voltaremos pra casa? São perguntas frequentes de quem sofre com a falta de afeto humano, sabemos que o mundo está realmente virado de cabeça para baixo.

Pensando nas preocupações com a família, a Agência Vera entende que a família precisa de proteção e de alguém para ajudar a proteger. Nossos detetives estão habilitados para qualquer investigação, conheça nossos serviços entrando em contato com um de nossos consultores.

× Atendimento WhatsApp